Início » Alerta: Espécie Invasora de Verme

Alerta: Espécie Invasora de Verme

by Alexandre Silva

U ma espécie invasora de verme não nativa foi recentemente descoberta em embarcações na Ilha de Man e em Whitehaven, Cumbria, suscitando preocupações ambientais.

O alerta foi dado por um operador de grua de barcos no início de outubro, após notar um crescimento incomum nos cascos e hélices de duas embarcações na Ilha de Man. Ambas as embarcações haviam sido recentemente transportadas da Marina de Peel para Ramsey para armazenamento de inverno.

Cientistas marinhos do Departamento de Ambiente, Alimentação e Agricultura (DEFA) da Ilha de Man recolheram amostras e, após investigações e consultas com especialistas externos, identificaram a espécie como o verme tubular australiano ou trombeta (Ficopomatus enigmaticus).

Esta espécie do hemisfério sul é conhecida pelo seu rápido crescimento e capacidade de colonização, fixando-se em superfícies artificiais e formando espessas camadas de tubos calcários. Este comportamento pode causar problemas para os proprietários de barcos e representa um risco para o meio ambiente e a biodiversidade local, podendo ser difícil de erradicar e controlar.

A Dra. Michelle Haywood, membro político do departamento de ambiente, alertou: “Espécies invasoras como esta podem ser espalhadas de lugar para lugar através de cascos de barcos, equipamentos marinhos e água de lastro. Por isso, é crucial que os proprietários sempre verifiquem e limpem suas embarcações durante a manutenção anual, especialmente após viagens para novos locais ou áreas de alto risco conhecidas.”

“Globalmente, animais e plantas invasores são uma das maiores ameaças à nossa biodiversidade e podem resultar em custos significativos para a sua remoção, especialmente em portos e marinas.”

Devido ao potencial impacto nos portos e marinas, o DEFA está a trabalhar em estreita colaboração com a equipa de Portos do Departamento de Infraestruturas para desenvolver uma resposta coordenada. Os guardas portuários estarão a recolher informações e a monitorizar o movimento e a manutenção das embarcações nas suas áreas, e um pacote de informações será disponibilizado em breve para utilizadores de embarcações e portos.

O DEFA continuará a responder a pedidos de ajuda para identificar espécies invasoras ou incomuns, mas depende da comunicação do público e do Departamento de Infraestruturas. Relatórios de espécies invasoras potenciais devem ser enviados para fisheries@gov.im, com fotografias de boa qualidade, se possível.

Oficiais na Marina de Whitehaven, em Cumbria, também relataram a presença do verme tubular australiano nos cascos, hélices e eixos das embarcações.

Este verme invasor é raramente encontrado em águas mais frias do norte, mas acredita-se que o tempo excepcionalmente quente em julho e agosto tenha permitido o seu florescimento. A Agência do Ambiente está a ajudar a marina a tomar as medidas apropriadas.

Posts Relacionados

You may also like

Leave a Comment